O seu Blog de Espiritismo.

CRISTINA BRITO

17-04-2011 22:37

 

Entrevistas

 
O FRANCISCO REBOUÇAS - ESPIRITISTA TRAZ AO CONHECIMENTO DOS NOSSOS DISTINTOS AMIGOS, A ENTREVISTA QUE NOS FOI CONCEDIDA POR CRISTINA BRITO, DIRETORA DA ÁREA DE RELAÇÕES EXTERNAS DO CEERJ – Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro.
 
Entrevista:
FR : Prezada amiga Cristina, como aconteceu o seu encontro com a doutrina espírita?

 
R: Bem amigo, de uma forma um tanto incomum. Até os meus 31 anos, nunca tinha ouvido falar da Doutrina ou de Kardec. Meus pais, portugueses, inicialmente católicos, tornaram-se mórmons na minha infância, mas como não tinham como pagar o dízimo, acabaram se afastando e minha mãe adotou a linha espiritualista. Na minha juventude tive contato com ampla literatura espiritualista sobre diversas questões ligadas ao Espírito e sobre reencarnação. No entanto quando me casei, comecei a ter uma visão e a ouvir diariamente uma certa orientação. Isso acabou se tornando uma angústia, pois não sabia o que deveria fazer. Acabei indo, uma certa tarde, levada pela vontade de atender à orientação me vinha por uma via tão inusitada para mim (nota: aquela foi a única situação em minha vida, em que posso dizer que vivi a vidência e a audiência), cheguei, à então, FEERJ-Federação Espírita do Estado do Rio de Janeiro-situada em Niterói, onde moro, hoje – IEBM – Instituto Espírita Bezerra de Menezes. Cheguei, sem saber dos horários de palestra, 1 hora antes do início da mesma e a expositora, após me ouvir as inquietações, encaminhou-me ao Grupo Espírita Leôncio de Albuquerque, por ser perto da minha casa. Lá chegando, recebida pela querida D. Marlene Teixeira, entreguei-me ao estudo e trabalho e, após 10 anos, assumimos a direção daquela casa de amor, tendo a oportunidade de exercitar lições de fraternidade, compreensão e gestão administrativa.

 
FR: Qual casa espírita que você freqüenta hoje?

 
R: O Grupo Espírita Yvonne Pereira, situado em Icaraí-Niterói.

 
FR: O que motivou você e alguns outros confrades fundarem o Grupo Espírita Yvonne Pereira?

 
R: Acredito que a fundação do Yvonne Pereira já estava traçada, muito antes de termos sido informados do fato. Ainda durante a nossa gestão no Leôncio da Albuquerque, um companheiro do Movimento Espírita da Campinas, sugeriu-nos a fundação de uma Casa Espírita, ao que lhe respondemos (sem termos pensado sobre isso antes):_”Já tem até nome:Yvonne Pereira.” Seis companheiros do Leôncio, abraçamos o Projeto que chegou a Icaraí pela força da proposta do trabalho: voltado à valorização da vida, visto ser Icaraí, o bairro em que mais se cometem suicídios em Niterói. Descobrimos, nesta ocasião, que Icaraí não tinha ainda uma Casa Espírita, ficando a mais próxima no bairro Jardim Icaraí.

Fundamos o Yvonne no dia 24 de dezembro de 2006, dia em que D.Yvonne completaria 100 anos, segundo data informada por ela, no livro:”À Luz do Consolador”.

Isso aconteceu sob o amparo do IEBM-que nos abriu as portas e o coração, para o início de nosso trabalho e no dia do aniversário do Dr.Bezerra de 2007(29/08), abrimos as portas de nossa Casa em Icaraí, ao público.

 
FR: Quais as principais atividades espirituais realizadas no GEYP?

 
R: O atendimento ao público que chega à Casa, seja numa das 4 reuniões públicas semanais, seja no atendimento fraterno, na evangelização infantil, no Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita, nos grupos de estudo (Temos vários: das obras de D Yvonne, de André Luiz, de Leon Denis, de O Livro dos Espíritos, dA Gênese, de Memórias de um suicida e ainda uma turma de esperanto).

Sendo o progresso intelectual antecedente ao progresso moral, faz-se necessário a promoção do estudo a fim de facilitar ao espírito ensejo a melhores escolhas em sua vida.

Temos também, semanalmente uma reunião de Evangelho no Lar, aberta ao público.

 
FR: Cristina, como começou sua ligação e atuação no movimento espírita?

 
R: Bem, fora da Casa espírita, comecei participando das CEERJ (Confraternização Espírita do Estado do Rio de Janeiro- promovidas pela antiga USEERJ) e em 2003, por ser fã incondicional do ESDE - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita, solicitei à então FEERJ, participar da comissão que a representaria na FEB-Federação Espírita Brasileira, em Brasília, no II Encontro Nacional de Coordenadores de ESDE.

Totalmente “crua” de Movimento Espírita, mas com muita vontade de colaborar, voltei e juntamente com o querido companheiro Alberto Leitão Rosa – então diretor da FEERJ, fundamos-em 2004-o Plantão Pró Casa Espírita, que, com a fusão das Federativas (FEERJ/USEERJ), passou em 2006 a ser coordenado pelo 38º. CEU(Conselho Espírita de Unificação). Em 2005, assumi o Departamento de Educação Espírita do 38oCEU, ficando até 2007, assim como no Plantão, necessitando sair para melhor cuidar da Casa (GEYP) recém-fundada

 
FR: E com o CEERJ?

 
R: Bem amigos, não sei se já deu para notar, mas me permito ser “gerenciada” por intuições que me chegam e com as quais não luto – apenas obedeço.

No início de 2006, começaram as inscrições de companheiros do Movimento Espírita do Estado para a formação da 1ª. Comissão Diretora que seria eleita na primeira Assembléia Geral da nova Federativa, formada pela união da FEERJ e USEERJ – o CEERJ (Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro). Ouvi falar do acolhimento de candidaturas e me candidatei. No dia 26 de março de 2006, dia da fusão, fui eleita como um dos 36 membros da Comissão Diretora (é ela que elege e dela que sai a diretoria da Federativa).

Em 2009 me apresentei como candidata à Área de Relações Externas da Diretoria Colegiada e fomos eleitos com um mandato até 2012.

 
FR: Como é coordenar a área de Relações Externas em nosso estado?

 
R: Bem, é uma Área muito rica de possibilidades, em que conto com a colaboração incansável da querida amiga Edna Santos e do querido companheiro Antonio Justino. O querido Gérson Simões Monteiro muito também nos tem ajudado nos trabalhos junto à mídia. As tarefas abrangem: a assessoria de imprensa à mídia não espírita, o Movimento Interreligioso; o SAEP – Serviço de Assistência Espírita ao Preso; o NEU – Núcleo Espírita Universitário; o Movimento de Mobilização Nacional pela Educação; o Movimento contra a Intolerância Religiosa; o Movimento em Prol da Paz (inclusive o promovido pelo companheiro Divaldo Franco); o Movimento Brasil sem Aborto; a representação do movimento espírita em solenidades promovidas pela Sociedade, quando isso se faça necessário e ainda estou como contato da diretoria do CEERJ no Projeto O BOM LEITOR (O bom leitor avalia a qualidade do que lê. Qualifique-se. Estude a Doutrina Espírita.), lançado oficialmente em 7 de março deste ano.

 
FR: Existem muitas divergências na interpretação da doutrina espírita principalmente quando se trata da prática da mediunidade, nas variadas regiões do estado, quais são os motivos dessas divergências?

 
R: Repetindo o lema do Bom Leitor: Qualifique-se. Estude a Doutrina Espírita. É a única forma de mantermos a unidade doutrinária.

 
FR: Qual a sua avaliação sobre a unificação ocorrida em nosso movimento espírita, com o surgimento do CEERJ?

 
R: Um acontecimento de extrema importância para o movimento espírita, que deve ser trabalhado por todos nós, a fim de que venha a se efetivar nos próximos anos. Unificação não se faz apenas ao se assinar um papel. É a mudança de uma cultura que ainda se somou à mudança na forma de gestão – de presidencialista para colegiado (outro acontecimento de extrema importância).

 
FR: O nosso movimento está realmente mais unido, essa unificação trouxe algum benefício ao movimento espírita de nosso estado?

 
R: Como disse, é um processo que está sendo desenvolvido. O ritmo e o acabamento, depende da ação de todos nós. Todos nós somos CEERJ.

 
FR: Apesar do pouco tempo à frente dessa importante área de atuação sob sua responsabilidade, quais foram as suas conquistas até aqui?

 
R: As conquistas são nossas, de todos nós. Vejo a ampliação da participação do Espiritismo, com o que ele tem a contribuir nas mais diversas ações para a melhoria da sociedade como um todo. Mas todo o trabalho tem sido desenvolvido a partir da árvore de diretrizes plantada pelo nosso querido Humberto Portugal, quando esteve à frente da Área na primeira gestão da nova Federativa (2006/2009).

 
FR: Quais são os maiores desafios a conquistar?

 
R: Mobilizar o Movimento Espírita para estar presente em movimentos sociais; como a passeata pela Paz, a passeata contra a intolerância religiosa; e sem dúvida, um grande desafio da Área de Relações Externas: o engajamento de novos tarefeiros no Serviço de Assistência Espírita ao Preso, levando esclarecimento e consolação aos nossos irmãos, temporariamente cativos do sistema prisional físico.

Meu sonho é levar palestras espíritas para espaços não espíritas, assim como o 5º.CEU vem realizando anualmente no mês de agosto. Um excelente trabalho!

 
FR: O que você diria a quem lhe pedisse orientação de obras para iniciar no conhecimento do espiritismo?

R: “O que é o Espiritismo” para situar o neófito. Depois, para equilibrar o progresso: “O Livro dos Espíritos” para fortalecer o progresso intelectual e o Evangelho Segundo o Espiritismo para alimentar o progresso moral.

 
FR: O aborto continua sendo o assunto mais discutido no meio espírita no momento, de que maneira nós espíritas podemos contribuir para evitar esse crime, e o que planeja o CEERJ com essa finalidade?

 
R: Estaremos representando o CEERJ, no próximo dia 10 de setembro, 6ª.feira, à 16h, na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, no lançamento da Campanha – Seu voto vale uma vida – uma campanha que visa conscientizar os cidadãos para que, ao escolher seus candidatos, escolham candidatos pró-vida. Em abril – a Área de Relações Externas criou – o serviço de valorização da vida – que busca atender à demanda que surja nesse sentido.

Nossa primeira ação foi apresentar no EREU realizado em Nilópolis, um centro de interesse piloto sobre valorização da vida, que abrangeu tarefeiros do atendimento fraterno, evangelização da família, dirigentes de reunião pública, e fim de tratarmos de como a casa espírita está preparada para receber pessoas envolvidas com questões como: aborto, suicídio e eutanásia. O trabalho desenvolvido foi considerado extremamente útil pelos participantes.

 
FR: Porque nos dias de hoje, 2010 anos após Jesus nos trazer suas mensagens de amor e respeito ao próximo, o ser humano ainda não pratica seus ensinamentos?

 
R: É a falta de maturidade do senso moral, sobre a qual nos fala Kardec no cap. XVII(Sede Perfeitos),de O Evangelho Segundo o Espiritismo. O ser humano, apenas com a ajuda do tempo, irá amadurecendo o que vem aprendendo, na razão direta em que se permita exercitar o homem de bem, desativando aos poucos, os sistemas desestabilizadores e angustiosos do homem velho.

 
FR: Quais seus projetos pessoais à frente da área de Relações Externas do CEERJ, para o futuro?

 
R: Dar prosseguimento ao trabalho, dando o que de melhor tiver a oferecer.

 
FR: Cristina, iniciamos há exatos 6 anos atrás, a campanha Onde estão as crianças filhas de pais espíritas? Vamos evangelizar os "pequeninos"? como incentivo à evangelização infantil no Portal do Espiritismo do qual fazíamos parte à época, e continuamos com a campanha em nosso Blog Espírita, e temos recebido muitas informações do Brasil todo de que muitas casas espíritas que não tinham esse trabalho começaram a partir de nosso incentivo. Como está em sua avaliação a evangelização infantil em nosso estado?

 
R: Bem, não sou a melhor pessoa para falar sobre isso. Deixarei para a sua entrevista futura com a amiga Darcy Neves Moreira, que está à frente da Área de Educação Espírita do CEERJ, ok?

 
FR: Prezada Cristina, sobre o que você gostaria de ter respondido e que não te perguntei?

 
R: Gosto de poder responder o que me perguntam. Não costumo ir além disso.

 
FR: Cristina, estaremos sempre à disposição para colaborar na divulgação do que você julgar necessário em prol da doutrina espírita, com todo prazer.

 
R: Fico extremamente feliz em saber que podemos contar com companheiros como você, zelosos de nossa Doutrina de Luz, dedicados e fraternos. Que Jesus o abençoe.

 
FR: Para encerrar, gostaríamos que você deixasse registrada sua mensagem a toda família espírita brasileira, através do Francisco Rebouças - Espiritista.

 
R: Deixo para o nosso querido Dr. Bezerra, através da mediunidade da médium Maria Cecília Paiva, no livro “Garimpeiros do Além” as palavras finais:

 
    “Espíritas, a postos!

    Ismael, mais uma vez, apela para os homens de boa vontade, para que a paz seja implantada em todos os corações, a serenidade como condição comum, considerando-se a fé e a caridade como fatores de união, alegria e entendimento, linguagem única para os que desejam, em verdade, servir para progredir.

    Enfeitemos nossos dias com o júbilo do dever cumprido com amor e marchemos vitoriosos, atendendo esse convite que é um ato de confiança dos céus para nossos caminhos.

    Seja convosco a Paz do Senhor.”

FR: Agradecemos a querida amiga Cristina Brito, pela gentileza em nos atender para esta entrevista e rogamos ao Mestre de Nazaré que a inspire e guarde em sua paz, hoje e sempre.

 
Francisco Rebouças
 

Procurar no site

Contatos

Francisco Rebouças

O Verdadeiro Passe Espírita

Palestra Cristiane Parmiter na U.M.E.N.

www.youtube.com/watch?v=3bE3wVzwoxc

Matéria sobre a simples imposição das mãos não convence!

    Simples Imposição das Mãos, porquê?   Caros amigos, volta e meia somos surpreendidos com matérias contendo argumentos de...

O verdadeiro Passe Espírita - R.E.

  Na Cura pelo passe, o Médium passista tem um papel fundamental, não pode ser apenas um mero robô de mãos estendidas como se nada dependesse...

Artigos

26-04-2017 19:03

“Somos servidores do Cristo”

“E, achando-o, lhe disseram: Todos te buscam”. (MARCOS, 1: 37.)   Deus nos impôs o processo reencarnatório, como sublime oportunidade para que...
06-07-2016 22:23

A Celeste indulgência

Porque também nós éramos, outrora, insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias paixões e deleites, vivendo em malícia e inveja,...
06-07-2016 12:30

A CARIDADE DA TRANSFORMAÇÃO

  Importante não esquecer o valor da beneficência que ampara o enfermo, alimenta o faminto e esclarece o equivocado; da mesma forma, é também...

 

OMS: Suicídio já mata mais jovens que o HIV em todo o mundo

OMS: Suicídio já mata mais jovens que o HIV em todo o mundo

"As pessoas simplesmente pensam que é um crime ter pensamentos suicidas. Não deveria ser...

Francisco Rebouças no Programa " ESPIRITISMO FOCO"

Francisco Rebouças no Programa " ESPIRITISMO FOCO"

http://www.espiritismoemfoco.com.br/2011/08/programa-dia-29082011-tema-o-bem-e-o.html 

Nossa entrevista para a revista O Consolador!

 http://www.oconsolador.com.br/ano2/70/entrevista.html

Artigos

26-04-2017 19:03

“Somos servidores do Cristo”

“E, achando-o, lhe disseram: Todos te buscam”. (MARCOS, 1: 37.)   Deus nos impôs o processo reencarnatório, como sublime oportunidade para que trabalhemos pelo nosso progresso e aperfeiçoamento intelectual, moral e espiritual, desenvolvendo as duas asas que nos proporcionarão perfeito...
06-07-2016 22:23

A Celeste indulgência

Porque também nós éramos, outrora, insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias paixões e deleites, vivendo em malícia e inveja, odiosos, odiando-nos uns aos...
06-07-2016 12:30

A CARIDADE DA TRANSFORMAÇÃO

  Importante não esquecer o valor da beneficência que ampara o enfermo, alimenta o faminto e esclarece o equivocado; da mesma forma, é também imprescindível não esquecer que precisamos empregar todos os esforços possíveis para alavancar o nosso aprimoramento próprio em todos os sentidos....
20-08-2015 17:17

ACIMA

Emmanuel ...“Ninguém que,tendo posto a mão no arado, olha para trás, éapto para o Reinode Deus.” Jesus (Lucas, 9:62).   A  fim  de  que  nos  promovamos  à  condição  de  obreiros  mais  eficientes,  na  Seara...
03-08-2015 22:32

A REFORMA PEDE URGÊNCIA

  “Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo”. - Paulo. I - CORINTIOS 12:4. ¹ Quando o Positivismo alcançava absurdos índices de negação, com Auguste Comte., e o Catolicismo pregava as extravagâncias da afirmativa, com Pio IX que proclamava a infalibilidade papal, os...
11-05-2011 12:20

Estudar, para divulgar com acerto!

  O verdadeiro alerta de Emmanuel, sobre a caridade com a doutrina Espírita!   Freqüentemente ouvimos de variados companheiros do movimento espírita, de diversas regiões do país, a frase que flui de forma automática de seus lábios, pela qual o conhecido espírito Emmanuel, teria afirmado...
01-05-2011 15:00

Este é o Momento

  Este é o melhor momento, para você começar a sua tão sonhada renovação.   Se a tristeza te quer dominar os sentimentos, reage e medita no benefício que a alegria pode te proporcionar ao corpo e ao Espírito Imortal que procede do Amor Divino que a tudo e a todos envolve.   Se a...
29-04-2011 09:05

Espiritismo, fonte de Luz

"Se Deus é por nós, quem será contra nós...".  Romanos, 8/31. É preciso se esteja atento para a correta compreensão das finalidades da doutrina espírita; como Consolador Prometido inicialmente consola; e consola esclarecendo. Em seguida, esclarece; e o faz consolando.   Por essa razão,...
24-04-2011 16:57

Porque somos contra o Aborto?

      Como cristãos que somos, não podemos de forma alguma compactuar com mais esse absurdo que está sendo cometido contra a sociedade da qual fazemos parte e devemos por isso mesmo ser...
24-04-2011 16:51

O Espírito de Verdade

  José Francisco Costa Rebouças Como espírita que somos, procuramos dedicar toda a atenção aos ensinamentos da nossa doutrina, com a intenção de externar nossa própria interpretação sobre os diversos temas abordados por ela, perfeitamente fundamentados nos conceitos contidos na codificação do...